Serviços que atendem pessoas em situação de rua recebem doação de máscaras


Cerca de 1.000 equipamentos foram doados por empresários do setor de lingerie de Juruaia

A Secretaria Municipal de Promoção Social de Poços de Caldas recebeu, na manhã desta segunda-feira (1), a doação de aproximadamente 1.000 máscaras de tecido confeccionadas por empresas de lingerie da cidade de Juruaia/MG. Os equipamentos de proteção serão distribuídos a pessoas em situação de rua e a profissionais que atendem esse público.

A entrega das máscaras foi realizada na Santa Casa de Poços de Caldas, que será beneficiada com os recursos obtidos com um leilão virtual de uma peça conceito da marca Lindelucy Lingerie. O body em tule cravejado com cerca de 200 cristais swarovski aplicados à mão terá lance mínimo de R$ 1 mil e a expectativa é que o valor arrecadado possa chegar aos R$ 30 mil.

A diretora da Lindelucy Lingerie, Lucia Iório, destaca que as máscaras foram produzidas por mais de 20 empresas de Juruaia, que pararam a produção de lingerie para confeccionar máscaras para doação. “É uma ação solidária. Nesse momento, a gente vê a necessidade de ajudar”, ressalta.

“As máscaras são muito bem-vindas e serão destinadas especialmente para as nossas unidades que atendem pessoas em situação de rua, que não têm uma compreensão fácil sobre a necessidade do autocuidado. Por isso, trabalhamos de forma sistêmica no sentido de orientação sobre a utilização de equipamentos de proteção”, informa o secretário municipal de Promoção Social, Carlos Eduardo Almeida. Os profissionais que atuam na linha de frente do atendimento a este público também receberão novas máscaras.

Atendimento
Desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Secretaria Municipal de Promoção Social implantou um esquema especial de atendimento à população em situação de rua. As vagas nas duas casas de passagem que mantêm parceria com a Prefeitura foram ampliadas, de forma a atender toda a demanda, e espaços específicos foram destinados para aqueles que necessitarem de isolamento.

Já o albergue, destinado a atender os migrantes, ampliou o horário de funcionamento. Antes, o local oferecia apenas atendimento noturno, a partir das 18h. Agora, está aberto das 12h às 07h. No período das 07h às 12h, os usuários são atendidos no Centro POP (Centro de Referência Especializado no Atendimento à População em Situação de Rua), que oferece serviços como alimentação, banho, local para higienização das mãos e lavagem de roupas, por exemplo. O objetivo é reduzir o tempo que os usuários permanecem nas ruas.

A população pode ajudar não dando esmolas e acionando a equipe de Abordagem Social pelos telefones 156 ou 3697-2645.


Fonte:

Secretaria Municipal de Comunicação Social
Prefeitura de Poços de Caldas
(35) 3697-5053